a
Siga-nos no Instagram e fique por dentro de tudo que a JM Lapidações lança.
Instagram Feed
Nossas outras redes

Seja bem vindo a JM Lapidações

São Paulo - Brasil

Fone/Whatsapp: (11) 94160-4751

pearls

Pérolas ! I love it !

Fio de Pérola Biwa Extra

Aaaah as Pérolas ! Sabe aquele preto básico que fazemos questão de ter como peça coringa ? No mundo das jóias o Coringa são elas ! Atemporais, básicas, clássicas , finas e se fossemos falar das suas qualidades ficariamos o diiia todo aqui. 

 Símbolo da pureza, inocência, integridade, sabedoria e perfeição imaculada, é alvo de inspiração para a alta joalheria, e queridinha de vários ícones femininos como Margherita Di Savoia – Rainha da Itália dona de um belíssimo colar de Pérolas com 7 metros de comprimento, Audrey Hepburn nossa eterna “Bonequinha de luxo” , Marilyn Monroe em especial, com sua versão famosa de Diamonds are a Girl’s Best Friend, Elizabeth Taylor, que com sua interpretação de Cleópatra, leiloou uma de suas pérolas mais finas por um recorde de $11 milhões de dólares, além das lindíssimas Letizia Ortiz, Kate Middleton e a poderosa Camila Coelho!

Marilyn Monroe, Audrey Hepburn, Kate Middleton

Marilyn Monroe,                           Audrey Hepburn,                      Kate Middleton

   Camila Coelho

Camila Coelho

Sobre sua natureza a formação de uma pérola, também denominada de margarita, ocorre em razão da penetração de substâncias, partículas (areia) ou microrganismos (vermes) entre a concha e o manto de algumas espécies de ostras.

Em resposta ao corpo estranho, o manto secreta uma série de camadas de nácar ou madrepérola, substância composta por pectatos de carbonato de cálcio na forma de cristais de aragonita, desempenhando um mecanismo de defesa do organismo. Naturalmente esse processo confere brilho à superfície da concha, e da mesma forma à pérola, que não necessita de lapidação ou polimento.

As pérolas cultivadas são produzidas inserindo, artificialmente, em outras produtoras de pérolas, uma pequena esfera envolta por um fragmento do manto extraído de uma ostra jovem.

Por aplicação dessa técnica, uma pérola demora em média três anos para se formar. Os japoneses são os pioneiros no cultivo desses moluscos, as ostras das espécies: Pinctada imbricata, Pinctada máxima e a Pinctada margaritifera, produzem pérolas de coloração creme, amareladas esverdeadas ou negras, com diâmetro variando de 2 a 17 mm.

Formatos das perolas

Por Camille Pereira